domingo, 3 de agosto de 2008

Veneza


Reflexo da lua nas águas
serenas
Luzes mansas nas portas
pequenas
Sombra amiga nas gôndolas ermas
cansadas
Encontro de almas lindas e trêmulas
amadas
Um vento quieto desce
solene
E o mar agradece
Ti voglio bene...
Ti voglio bene...


Um comentário:

Fábio Sexugi disse...

Saudades de Veneza!